sicnot

Perfil

Mundo

Morreu o antigo "chefe de todos os chefes" da máfia siciliana

Bernardo Provenzano, o antigo chefe supremo da Cosa Nostra, a máfia siciliana, morreu hoje aos 83 anos na prisão, anunciaram os media italianos. Era conhecido como o capo di tutti i capi ("chefe de todos os chefes")

© Ho New / Reuters

O antigo chefe criminoso encontrava-se no hospital de San Paolo em Milão a ser tratado a um cancro diagnosticado há vários anos.

Bernardo Provenzano foi detido em 2006 após 30 anos de clandestinidade e de mistérios.

Preso desde então num regime de alta segurança, depois de várias condenações a prisão perpétua, o chefe mafioso foi hospitalizado em abril de 2014.

Nascido a 31 de janeiro de 1933 em Corleone (Sicília) - nome que ficou associado à máfia devido ao romance e aos filmes de "O Padrinho" -, Provenzano foi subindo gradualmente na hierarquia da máfia antes de chegar à Cúpula, o mais alto órgão de decisão do "polvo".

Alegadamente cometeu o seu primeiro assassínio aos 25 anos, quando matou um chefe rival, e era alcunhado de "o trator" devido ao modo como ceifava as suas vítimas.

Mais tarde ganhou uma segunda alcunha, "o contabilista", devido à sua mestria das finanças do seu império do crime.

Provenzano, que entrou na clandestinidade no início dos anos 1970, participou nas decisões mais importantes da Cúpula, enquanto "braço direito" de Toto Riina, o chefe histórico da máfia, detido em 1993, e que substituiu então.

Riina e Provenzano são ambos do clã Corleone, que dirigiu a máfia com "mão de ferro" durante mais de duas décadas.

Lusa

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC