sicnot

Perfil

Mundo

Esperança média de vida diminuiu 10 anos em pessoas com obesidade severa

O excesso de peso diminuiu a esperança média de vida em um ano, número que sobe para 10 anos em caso de obesidade severa, revela um estudo hoje divulgado.

© Regis Duvignau / Reuters

O estudo refuta conclusões anteriores de que algum excesso de peso não representava um perigo.

São apontadas evidências de que o risco de morrer antes dos 70 anos cresce de "forma constante e acentuada" com o aumento da cintura.

"O estudo demonstra definitivamente que o excesso de peso ou a obesidade estão associados ao risco de morte prematura", escreve o autor do estudo Emanuele Di Angelantonio, da Universidade de Cambridge.

Aumentam todos os riscos de doença cardíaca, acidente vascular cerebral, doenças respiratórias e cancro, afirmou.

Usando os dados de quase quatro milhões de adultos em quatro continentes, o estudo, divulgado na revista médica The Lancet, descobriu que as pessoas com excesso de peso perdem em média um ano de vida e as pessoas moderadamente obesas três anos.

"Os obesos severos perdem 10 anos de esperança média de vida", disse Emanuele Di Angelantonio.

O estudo revelou também que o risco de mortalidade é três vezes maior nos homens do que nas mulheres.

Em 2014, segundo dados da Organização Mundial de Saúde, mais de 1,9 mil milhões de adultos tinham excesso de peso e 600 milhões eram obesos.

Conclui-se também que há um elevado risco de morte prematura em pessoas abaixo do peso normal.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07