sicnot

Perfil

Mundo

Tempestade tropical na China provocou 21 mortos e 13 desaparecidos

Uma tempestade tropical na China fez 21 mortos e 13 desaparecidos após ter atingido Taiwan com chuva e ventos de tufão, segundo disse hoje a agência de notícias chinesa, Xinhua.

(arquivo)

(arquivo)

© China Stringer Network / Reut

As perdas económicas diretas chegam a sete mil milhões de yuan, cerca de 940 milhões de euros.

A tempestade tropical atingiu a costa da China durante o fim de semana e provém do supertufão Nepartak que deixou a ilha de Taiwan num estado de caos na semana passada.

O Nepartak enfraqueceu para tempestade tropical no sábado, quando atingiu a província de Fujian, na costa leste chinesa.

Taiwan viu os ventos mais fortes registados num século, o que obrigou 15.000 pessoas a deixarem as suas casas. O centro de operações de emergência de Taiwan disse que três pessoas foram mortas e 300 ficaram feridas.

Segundo a Xinhua, mais de meio milhão de pessoas tiveram de ser retiradas dos seus locais de habitação e 8.300 casas foram destruídas num dos piores períodos de tempestades de verão na China.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.