sicnot

Perfil

Mundo

"A Turquia corre o risco de se transformar numa continuação da Síria e do Iraque"

"A Turquia corre o risco de se transformar numa continuação da Síria e do Iraque"

O Presidente Erdogan pediu aos turcos para saírem à rua e resistirem à tentativa de golpe de Estado. José Milhazes esteve em direto na SIC Notícias e diz que a Rússia não irá apoiar a rebelião militar e defende que tudo deve ser resolvido pela via constitucional. O comentador da SIC diz mesmo que caso as forças armadas se dividam a Turquia corre o risco de se transformar numa continuação do caos que já existe na Síria e no Iraque.

  • Multidão recebe Presidente da Turquia em euforia

    Mundo

    O Presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, chegou hoje a Istambul, pouco depois de o porta-voz da presidência anunciar o fim da tentativa de golpe de Estado. As televisões turcas mostraram o avião do chefe de Estado, que estava de férias, a aterrar na pista do aeroporto internacional Atatürk, o maior do país, onde foi recebido e saudado por centenas de pessoas.

  • Exército anuncia que tomou o poder na Turquia

    Mundo

    O Exército turco afirmou, em comunicado de imprensa, que tomou o poder em todo o país. "O Exército assumiu totalmente o poder para restaurar a democracia. Todos os nossos acordos internacionais estão em vigor. Esperamos manter as boas relações com todos os países", refere, no comunicado, o Estado-Maior do Exército.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.