sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia detenção de desertor acusado de espionagem

​Pyongyang anunciou hoje a detenção de um desertor norte-coreano acusado de ter participado num plano para raptar crianças, idealizado pelos serviços de espionagem de Seul, na Coreia do Sul.

Wong Maye-E

Durante uma conferência de imprensa, cuidadosamente encenada em Pyongyang, Ko Hyon-Chol, de 53 anos, "confessou" ter tentado sequestrar duas meninas órfãs norte-coreanas, que pretendia levar para a Coreia do Sul.

"Eu cometi um crime imperdoável ao estar envolvido numa tentativa de rapto de crianças", disse, em lágrimas, Ko Hyon-Chol, na conferência de imprensa que juntou jornalistas e diplomatas estrangeiros.

Ko Hyon-Chol fugiu da Coreia do Norte em janeiro de 2013 e viveu na China durante aproximadamente um ano, antes de chegar à Coreia do Sul em 2014, através do Laos e da Tailândia.

Com Lusa

  • Díli decide legislativas em Timor-Leste
    1:48
  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15