sicnot

Perfil

Mundo

Multidão recebe Presidente da Turquia em euforia

O Presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, chegou hoje a Istambul, pouco depois de o porta-voz da presidência anunciar o fim da tentativa de golpe de Estado. As televisões turcas mostraram o avião do chefe de Estado, que estava de férias, a aterrar na pista do aeroporto internacional Atatürk, o maior do país, onde foi recebido e saudado por centenas de pessoas.

© HUSEYIN ALDEMIR / Reuters

Pouco antes da sua chegada, o porta-voz da presidência turca, Ibrahim Kalin, assegurou que a cadeia de comando estava a voltar à ordem, apesar da tentativa de golpe de estado militar posta em marcha na sexta-feira à noite.

"Estamos a reassumir rapidamente o controlo de toda a situação", afirmou também o primeiro-ministro, Binali Yildirim, após anunciar que vários golpistas foram detidos.

Televisão pública volta a emitir

A televisão pública turca TRT voltou esta noite (01:00 de Lisboa) a emitir normalmente, depois de os soldados que a tinham tomado terem abandonado o local.

A apresentadora de televisão da TRT, que há algumas horas tinha lido um comunicado a anunciar a tomado do poder por parte do exército, anunciou que foi forçada a fazê-lo pelos soldados que ocuparam a emissora.

Imagens transmitidas pela televisão mostraram centenas de pessoas a celebrar a saída dos soldados.

Reações do Mundo

A situação na Turquia foi motivo de várias manifestações de preocupação, desde o Presidente dos Estados Unidos ao da Rússia. Da União Europeia, da Grécia, do Irão ou da Alemanha chegaram manifestações no mesmo sentido.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, considerou "inaceitável" a interferência dos militares nos assuntos de qualquer Estado.

Parlamento turco bombardeado

O Parlamento turco foi esta noite bombardeado, segundo a agência de informação France Press.

Dezassete polícias mortos e helicóptero abatido

Dezassete polícias foram esta noite mortos em Ancara, de acordo com a agência pró-governamental, e um avião pró-Erdogan abateu um helicóptero golpista. A situação na Turquia está a ficar cada vez mais tensa.

Mais de uma dezena de pessoas ficaram feridas esta noite em Ancara na sequência da tentativa de golpe de Estado em curso, enquanto nas cidades de Istambul e Izmir muitas pessoas saíram à rua para protestar contra a sublevação. A televisão CNNTurk mostrou imagens de feridos a serem transportados por outras pessoas na capital.

Várias explosões em Ancara e Istambul

Também se ouviram disparos em várias cidades, nomeadamente em Istambul, onde se registaram feridos quando soldados terão disparado sobre pessoas que se manifestavam contra o golpe de Estado, informaram as rádios turcas. Veículos blindados cortaram a principal avenida de Istambul.

Em Ancara ouvem-se disparos e explosões, uma delas junto da sede da polícia. A agência de notícias semioficial Anadolu informou que aviões militares e helicópteros dispararam duas vezes contra o centro da polícia em Ancara.

Em Ancara dois partidos da oposição já condenaram a tentativa de golpe de Estado por parte do exército "Este país já sofreu muito por golpes. Não precisamos que estes problemas se repitam", disse o líder do Partido Republicano do Povo, Kemal Kiliçdaroglu.

"A democracia vai ganhar"

O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse esta noite que alguns dos líderes do golpe de Estado já foram presos. "Vários golpistas foram detidos. A democracia vai ganhar", disse o chefe do Governo.

A emissora CNNTurk assegurou que os militares se retiraram do aeroporto de Istambul enquanto milhares de pessoas contra o golpe começaram a entrar no edifício.

A emissora TRT assegurou que os cinco militares golpistas que participaram na ocupação da sua sede foram neutralizados por um grupo de civis.

Os Serviço de Inteligência Turca já anunciaram que fracassou a tentativa de golpe de Estado, admitindo que ainda persistem algumas bolsas de resistência por parte dos militares.

  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Violência volta às favelas do Rio de Janeiro
    3:21

    Mundo

    As favelas do Rio de Janeiro voltaram aos níveis de violência dos anos 90. A cidade de Deus foi uma das favelas pacificadas que voltou a registar tiroteios diariamente, os moradores falam de situações de trauma e do medo das crianças.

  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Cão corre os EUA a entregar águas aos árbitros em jogos de basebol
    0:20