sicnot

Perfil

Mundo

Civis resistiram ao avanço dos militares na Turquia

Civis resistiram ao avanço dos militares na Turquia

Durante a tentativa de golpe de Estado na Turquia, os militares procuraram controlar locais estratégicos do país como estações de televisão e vias de comunicação. Contudo, a população respondeu ao apelo do presidente e resistiu ao avanço dos militares. A cadeira de televisão "CNN Turquia" foi um dos meios de comunicação tomados pelos militares. A ação militar destruiu vários edifícios do Governo e provocou quase 200 mortos e mais de mil feridos.

  • Imagens mostram militares a invadir sede da CNN turca
    1:20

    Mundo

    Durante a tentativa de golpe de Estado na Turquia, vários militares entraram na sede da CNN, em Istambul. Os militares ocuparam os estúdios e a redação. Os vídeos amadores mostram o momento em que os soldados começam a subir as escadas, perante a tentativa de resistência de alguns funcionários. Dentro da sala, são vários os civis, jornalistas e membros da equipa da CNN turca, que tentam controlar os militares. Veja aqui o vídeo de enorme tensão, com armas e ameaças, e soldados que acabam por ser agredidos.

  • Militares do golpe de Estado na Turquia entregam-se às autoridades
    1:58

    Mundo

    A tentativa de golpe de Estado começou durante a noite de ontem e, terminou várias horas depois. Hoje de manhã, os militares renderam-se. No seguimento desta operação, foram feitas mais de 1.500 detenções. Veja aqui o vídeo do momento em que várias dezenas de militares se rendem às autoridades.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.