sicnot

Perfil

Mundo

Erdogan diz que os golpistas vão pagar caro pela "traição"

O Presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, afirmou hoje que a tentativa de golpe de Estado é como um "presente de Deus" que permitirá "limpar" o Exército.

© Kenan Gurbuz / Reuters

"Este levantamento, este movimento é um grande presente de Deus para nós, porque o exército será limpo", disse, em conferência de imprensa, pouco depois de aterrar em Istambul, assegurando que os golpistas vão pagar caro pela sua "traição".

O Presidente turco disse também que "o povo turco levou a melhor", na sua chegada esta noite a Istambul, na Turquia. Erdogan adiantou que não irá "a lado nenhum" e critou aqueles conspiram contra a nação turca e que atacam os símbolos da democracia, nomeadamente o parlamento.

Com Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.