sicnot

Perfil

Mundo

Grécia vai analisar pedido de asilo de oito militares turcos

O governo grego anunciou hoje que analisará o pedido de asilo apresentado pelos oito tripulantes do helicóptero militar turco que aterrou hoje na cidade de Alexandrópolis, mas assegurou que terá em conta tratar-se de presumíveis golpistas.

O helicóptero que levou os oito militares turcos até à Grécia

O helicóptero que levou os oito militares turcos até à Grécia

© Eurokinissi . / Reuters

A porta-voz do governo grego, Olga Yerovasili, assegurou que a Grécia respeitará os procedimentos estabelecidos pelo direito internacional, mas acrescentou que o executivo leva "muito a sério" que os detidos são acusados no seu país de "violar a legalidade constitucional e de tentar derrubar o sistema democrático".

O ministro turco dos Negócios Estrangeiros, Mevlüt Cavusoglu, pediu hoje a extradição imediata dos oito militares, que qualificou de traidores.

Em comunicado, Yerovasili confirmou que o helicóptero militar turco emitiu um sinal de socorro ao entrar no espaço aéreo grego e pediu autorização para fazer uma aterragem de emergência.

Dois aviões de combate gregos receberam de seguida a ordem de escoltar o helicóptero até ao aeroporto de Alexandrópolis, onde aterrou em segurança.

Naquele aeroporto, a polícia grega deteve os oito ocupantes, que anunciaram a intenção de pedir asilo político.

Yerovasili afirmou que o Governo grego se dirigiu às autoridades turcas para proceder "tão cedo quanto possível, ao retorno do helicóptero militar" e que irá analisar o pedido de asilo, mas à luz das acusações formuladas pela Turquia.

Após aterrarem em Alexandrópolis, uma cidade situada no nordeste da Grécia, perto da fronteira com a Turquia, os oito tripulantes, sete dos quais vestiam uniformes militares segundo os media gregos, foram detidos e levados para as instalações da polícia.

Lusa

  • "Fiquei absolutamente perplexo com a escolha de Elina Fraga"
    0:43

    País

    Rogério Alves diz que ficou perplexo com a escolha de Elina Fraga para a vice-presidência do PSD. Em declarações à TSF e Diário de Notícias, o antigo bastonário da Ordem dos Advogados lembra as divergências com o governo de Passos Coelho, sobretudo em matérias de justiça.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07