sicnot

Perfil

Mundo

Irão condena tentativa de golpe na Turquia e apela à estabilidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Mohamad Yavad Zarif, condenou hoje a tentativa de golpe de estado na Turquia e instou à "estabilidade, democracia e segurança" no país vizinho.

CEM TURKEL

"Os golpes de estado não têm lugar na região" e estão condenados "ao fracasso", escreveu o ministro, no Twitter, sublinhando que, neste caso, o resultado se deveu "à corajosa defesa da democracia e do Governo eleito" por parte do povo turco.

O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano, Alí Shamjaní, disse por seu turno à agência oficial IRNA que as autoridades de Teerão "estão a seguir com preocupação" os acontecimentos na Turquia e indicou que "a instabilidade afetará a segurança e a paz das pessoas" no país vizinho.

A Turquia é o principal destino dos turistas do Irão e um dos seus maiores parceiros comerciais. O Irão é o maior fornecedor de energia da Turquia.

Pelo menos 194 pessoas morreram durante a tentativa de golpe de estado na Turquia posta em marcha na sexta-feira à noite por militares rebeldes.

As autoridades anunciaram já a detenção de mais de 1.500 militares relacionados com a intentona.

Lusa

  • Trabalharia horas extra sem ser pago? E feriados?  
    1:25
  • Visita de Estado ao Luxemburgo
    1:34

    País

    O Presidente da República chega esta noite ao Luxemburgo para uma visita de Estado de dois dias. O contacto com a comunidade portuguesa, que é a maior comunidade no país, vai ser um dos pontos fortes da visita.

    Enviados SIC

  • UE dá "luz verde" para início das negociações do Brexit

    Brexit

    Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a autorização para o início das negociações do Brexit, indicando formalmente o final de junho para início do processo de saída do Reino Unido, que se prolongará por dois anos.