sicnot

Perfil

Mundo

NATO não se vai reunir para já para abordar situação na Turquia

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) não prevê, de momento, realizar qualquer reunião para abordar a situação na Turquia, onde decorre uma tentativa de golpe de Estado.

SEDAT SUNA

A Turquia é um dos 28 estados-membros da Aliança Atlântica e as forças armadas são o segundo maior exército da Aliança Atlântica.

O país é um membro chave da NATO, a quem pediu recentemente reforços para combater o terrorismo.

A NATO acordou em dezembro de 2015 um pacote de medidas de segurança especialmente desenhadas para a Turquia, que incluem aviões Awacs de vigilância, patrulhas áreas e marítimas e mais presença naval no Mediterrâneo.

Espanha tem destacada uma bateria de mísseis antiaéreos Patriot na base aérea de Incirlik, em Adana, a cerca de 120 quilómetros da fronteira com a Síria.

Em julho de 2015, a NATO reuniu-se para invocar para a Turquia o artigo 4 do Tratado de Washington, devido à onda de ataques terroristas no país.

O artigo refere que os aliados realizam consultas quando alguns deles considerem que a "integridade territorial, independência política ou segurança de alguma das partes está ameaçada".

A pedra angular da NATO é o artigo 5 do Tratado sobre a defesa coletiva, que considera que "um ataque contra um aliado será considerado como um ataque contra todos os aliados".

Os militares turcos anunciaram esta noite que tomaram o poder no país e declararam a lei marcial e o recolher obrigatório.

As forças de segurança turcas encerraram as duas pontes sobre o estreito do Bósforo, em Istambul, tendo o primeiro-ministro admitido que esteja em curso um golpe militar

Os soldados controlaram os aeroportos internacionais de Ancara e Istambul, que estão encerrados e os voos foram todos cancelados e ouviram-se explosões em Ancara.

Lusa

  • Estados Unidos pedem paz, estabilidade e continuidade para a Turquia
    3:45

    Mundo

    Depois dos últimos desenvolvimentos na Turquia que dão conta de um eventual golpe militar o secretário de Estado norte-americano John Kerry pediu paz, estabilidade e continuidade das políticas seguidas pelo Estado turco. O correspondente da SIC nos Estados Unidos, Luís Costa Ribas, esteve em direto na SIC Notícias e garante que o Presidente Obama está a acompanhar todos os desenvolvimentos da situação. Entretanto a cadeia de televisão NBC avança que o avião de Edrogan não foi autorizado a aterrar na Turquia e estará a caminho da Alemanha.

  • Multidão recebe Presidente da Turquia em euforia

    Mundo

    O Presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, chegou hoje a Istambul, pouco depois de o porta-voz da presidência anunciar o fim da tentativa de golpe de Estado. As televisões turcas mostraram o avião do chefe de Estado, que estava de férias, a aterrar na pista do aeroporto internacional Atatürk, o maior do país, onde foi recebido e saudado por centenas de pessoas.

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.