sicnot

Perfil

Mundo

Parlamento turco realiza primeira sessão depois da tentativa de golpe de Estado

O parlamento turco realizou este sábado a primeira sessão plenária, depois da tentativa de golpe de Estado no país. O edifício do Parlamento em Ancara chegou a ser bombardeado pela aviação turca e ficou parcialmente danificado, mas já foi palco da sessão onde os deputados dos quatro partidos cumpriram um minuto de silêncio pelas vítimas.

O chefe do Estado Maior do Exército turco, que chegou a ser feito refém pelos golpistas durante várias horas esta madrugada, marcou presença. Já o presidente Erdogan esteve ausente.

Ainda assim, segundo a agência Lusa, o primeiro-ministro turco felicitou os deputados que permaneceram no parlamento durante o golpe militar e disse que se tornaram num exemplo para os parlamentos e as democracias do mundo.

Numa demonstração de união sem precedentes, os quatro principais partidos políticos da Turquia condenaram a tentativa de golpe militar num comunicado conjunto.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.