sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro turco diz que situação está completamente sob controlo

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim disse hoje que a situação na Turquia "está completamente sob controlo", adiantando que 161 pessoas morreram na tentativa de golpe de Estado, excluindo as baixas entre os militares revoltosos.

© Stringer . / Reuters

Num discurso ao país no palácio Cankaya, a residência oficial do primeiro-ministro, Yildirim classificou o golpe de Estado falhado como uma "mancha negra" na democracia turca, acrescentando que foram evitados "problemas sérios", refere a Agência France Presse.

De acordo com o primeiro-ministro, dos confrontos na noite de sexta-feira resultaram 161 mortos, números que excluem as baixas entre os militares revoltosos.

Há ainda 1.440 feridos e 2.839 militares detidos, suspeitos de envolvimento na tentativa de golpe de estado que ocorreu na sexta-feira à noite.

"Esses cobardes vão ter o castigo que merecem", afirmou o chefe do Governo turco.

De acordo com a agência espanhola EFE, o primeiro-ministro turco adiantou que apenas 20 militares revoltosos morreram no decurso da tentativa de golpe de Estado, números que contrariam o balanço inicialmente avançado pelas Forças Armadas do país, que apontavam para 104 mortes de militares abatidos pelas forças leais ao presidente Erdogan.

Tal como o presidente Recep Tayyip Erdogan já havia feito, também Yildirim acusou o imã Fethullah Gulen , exilado nos Estados Unidos e antigo aliado de Erdogan, de estar por detrás da tentiva de golpe na Turquia.

A Turquia acusa Gulen de encabeçar uma "organização terrorista" e já havia anteriormente pedido aos Estados Unidos a extradição do imã, algo que os americanos recusaram.

"Um país que esteja ao lado de Fethullah Gulen não é nosso amigo", disse Yildirim, sem nomear os Estados Unidos, aliados da Turquia na NATO.

França e Itália já reagiram à tentativa de golpe de Estado, assinalando o reforço da democracia e das instituições.

Em comunicado, o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Marc Ayrault, disse esperar que "a democracia turca saia reforçada", depois de uma tentativa de golpe contra "a ordem constitucional e democrática" na Turquia.

Acrescentou ainda que espera que "a calma possa regressar rapidamente" e que "as liberdades fundamentais sejam plenamente respeitadas" depois dos acontecimentos de sexta-feira, que merecem "a mais firme condenação da França".

"A população turca mostrou a sua grande maturidade e coragem, ao envolver-se na defesa das instituições. Pagou o preço com muitas vítimas", disse Jean-Marc Ayrault.

Do lado italiano, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paolo Gentiloni, telefonou hoje ao seu homólogo turco Mevlut Cavusoglu, a quem expressou a sua satisfação perante o fracasso do golpe de Estado, adiantou a AFP.

Gentiloni congratulou-se "pela mobilização popular e pela defesa das instituições".

Lusa

  • Moção de censura "dá voz à indignação de muitos portugueses"
    1:13

    País

    O CDS entregou, no gabinete do presidente da Assembleia da República, a moção de censura ao Governo. O deputado Nuno Magalhães diz que o documento é a voz de todos os portugueses que ficaram indignados com a falência dos serviços do Estado nos incêndios e acrescenta ainda que cabe agora aos partidos da esquerda avaliarem se houve falhas e se foram graves o suficiente para censurarem o Governo.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.