sicnot

Perfil

Mundo

Trump exprime simpatia por França e Turquia

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, exprimiu este sábado a sua simpatia pela França, após o atentado em Nice, e pela Turquia, confrontada com uma tentativa de golpe de Estado militar.

© Jonathan Drake / Reuters

"Quero exprimir o meu apoio firme aos franceses e lamento a sua perda, tal como a nação" francesa, declarou Trump, no início da apresentação oficial do seu vice-presidente, Mike Pence.

"E a Turquia, principalmente os amigos na Turquia, boas pessoas, formidáveis. (...) Muita angústia na noite passada. Mas podemos acreditar que tudo se vai resolver", acrescentou Trump.

O candidato republicano acusou a sua rival democrata na corrida à Casa Branca, Hillary Clinton, de ter causado a Obama uma "queda horrível" no Médio Oriente.

"O Médio Oriente está hoje mais instável que nunca. Nunca esteve tão mal. Sem controlo", disse.

"Vimos horrores indescritíveis. (...) E isto vai acontecer cada vez mais e nunca mais vai parar. (...) Precisamos de força, precisamos de lei e de ordem", acrescentou.

A convenção republicana que deverá apontar oficialmente Donald Trump como candidato republicano começará na segunda-feira em Cleveland (Ohio).

Após semanas de especulação sobre a identidade do seu futuro vice-presidente, Trump anunciou que será o ultraconservador Mike Pence, governador do Indiana.

Lusa

  • Um homem de 83 anos é a 42.ª vítima dos incêndios
    1:27

    País

    Subiu para 42 o número de vítimas mortais nos incêndios deste domingo. Um homem de 83 anos foi encontrado sem vida em Lugar de Covelo, em Vouzela. O número de feridos mantém-se, 14 estão em estado grave. A maior parte das mortes aconteceu no distrito de Coimbra (20) e Viseu (19). Segundo a Proteção Civil, já não há desaparecidos. Sete pessoas estavam dadas como desaparecidas e apenas uma foi encontrada sem vida. Um bebé de poucos meses tinha sido dado como morto, mas foi encontrado com vida.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08