sicnot

Perfil

Mundo

UE condena tentativa de golpe de Estado na Turquia

A representante europeia para a política externa, Federica Mogherini, e o comissário europeu Johannes Hahn condenaram a tentativa de golpe de Estado na Turquia e reafirmaram o seu apoio às instituições democráticas do país.

© Stringer . / Reuters

"Condenamos a tentativa de golpe de Estado na Turquia e reiteramos o nosso total apoio às instituições democráticas do país", afirmam os dois representantes comunitários num comunicado conjunto, emitido hoje, citado pela agência espanhola Efe.

A Alta Representante da UE para a Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, o Comissário para o Alargamento e a Política Europeia de Vizinhança, Johannes Hahn, têm estado em contacto com as autoridades turcas e a acompanhar o desenvolvimento dos acontecimentos no país.

"Pedimos o fim do recurso à violência e que a polícia e as forças de segurança" mantenham a moderação e sentido de responsabilidade para evitar mais vítimas, afirmam Mogherini e Hahn, sustentando que "as tensões sociais só podem ser revolvidas através de um processo democrático".

Os dois responsáveis comunitários apelam a um "rápido regresso à ordem constitucional na Turquia, com os seus limites e equilíbrios e sublinham a importância de "o Estado de direito" e as "liberdades fundamentais" prevalecerem.

"A União Europeia mantém a sua solidariedade com a Turquia e com o povo turco", concluem.

Lusa

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.