sicnot

Perfil

Mundo

Militares que fugiram para a Grécia acusados de entrada ilegal no país

Os militares turcos que aterraram num helicóptero na Grécia e ali pediram asilo político depois do golpe de Estado falhado na Turquia foram acusados de entrada ilegal no país e violação do espaço aéreo, anunciou hoje o advogado.

Dois dos oito militares turcos que fugiram para a Grécia após o golpe de Estado falhado na Turquia

Dois dos oito militares turcos que fugiram para a Grécia após o golpe de Estado falhado na Turquia

© Intime Intime / Reuters

Os oito militares que pediram asilo político à Grécia chegaram a solo grego no sábado, depois de enviar um pedido de ajuda às autoridades aeroportuárias de Alexandrópolis, no norte do país.

Os militares são acusados de entrada ilegal no país, adiantou hoje a sua advogada, Ilia Marinaki, citado pela AFP, e devem comparecer em tribunal na segunda-feira.

A advogada acrescentou que os militares continuam detidos e ainda não puderam juntar-se às suas famílias.

Os requerentes de asilo, entre os quais dois comandantes, insistem que não participaram na tentativa de golpe de Estado e que fugiram para a vizinha Grécia "quando os polícias começaram a matá-los".

A advogada disse que os militares -- todos casados e na casa dos quarenta anos -- estavam receosos pelas suas vidas e pela vida dos seus familiares.

A Turquia pediu a extradição dos oito militares revoltosos e o Governo grego anunciou que analisaria o pedido de asilo apresentado pelos militares turcos.

De acordo com fontes governamentais gregas, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, falou por telefone no sábado à noite com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

Erdogan agradeceu a Tsipras a posição tomada perante a tentativa de golpe falhada, que, de acordo com fontes do Governo grego, exprimiu ao início de sábado o seu apoio ao Governo turco "democraticamente eleito".

De acordo com a agência de notícias grega Ana, Tsipras disse a Erdogan que o procedimento para os requerentes de asilo seria rápido, mas de acordo com o direito internacional e os direitos humanos.

Fontes próximas do executivo grego, citadas pela AFP, estimaram que o processo de pedido de asilo possa demorar duas semanas.

O helicóptero turco usado pelos militares na fuga para a Grécia foi recuperado esta manhã pela Força Aérea turca.

Lusa

  • Madonna diz que América nunca desceu tão baixo
    2:12

    Mundo

    No mundo artístico, foram várias as vozes que se levantaram contra Trump, entre elas Madonna. A cantora disse esta quinta-feira em Nova Iorque, a propósito do dia da tomada de posse, que nunca a América desceu tão baixo. Já o ator Matthew McConaughey - que está em Londres - garantiu que não ia perder a cerimónia pela televisão.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida