sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte diz que mísseis balísticos visavam simular ataque nuclear

A Coreia do Norte referiu hoje que os testes de mísseis balísticos foram ordenados e monitorizados pessoalmente pelo líder Kim Jong-Un e visaram simular um ataque nuclear às bases norte-americanas na Coreia do Sul.

Reuters

Os três mísseis lançados terça-feira simularam um ataque preventivo a portos sul-coreanos e aeródromos onde está estacionado equipamento norte-americano, referiu a agência de notícias da Coreia do Norte, KCNA.

Os testes "analisaram as características operacionais dos dispositivos de detonação de ogivas nucleares armadas nos mísseis balísticos sobre a área alvo", acrescenta.

Os mísseis, lançados na cidade de Hwangiu, voaram entre 500 e 600 quilómetros em direção ao mar do Japão, referiram, em comunicado, os líderes dos ramos das Forças Armadas sul-coreanas.

As Forças Armadas da Coreia do Sul salientaram que os mísseis lançados foram os suficientes para "atingir toda a Coreia do Sul".

As tensões têm aumentado desde que Pyongyang realizou o seu quarto teste nuclear, em janeiro, seguido de uma série de lançamentos de mísseis.

A semana passada, a Coreia do Norte ameaçou tomar uma "ação física" não especificada, depois de Washington anunciar a colocação de um sistema de defesa antimíssil na Coreia do Sul para combater a crescente ameaça de Pyongyang.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.