sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica ataque no comboio alemão que causou 11 feridos

O Daesh disse hoje que o refugiado afegão que atacou 11 passageiros de um comboio na Alemanha é um dos combatentes do grupo extremista, referiu hoje a agência ligada ao grupo extremista.

Karl-Josef Hildenbrand

"O autor do ataque à faca na Alemanha era um dos combatentes do Daesh", refere a agência Amaq.

Entretanto, um desenho de uma bandeira do Daesh foi encontrado no quarto do cidadão afegão que feriu os onze passageiros de um comboio regional alemão, disse hoje o ministro bávaro do Interior.

O ministro disse ao canal de televisão pública ZDF que além do desenho da bandeira do Daesh, o jovem afegão gritou "Allhah Akbar" quando atacava os passageiros com um machado e uma faca, na segunda-feira à noite.

Onze pessoas foram atingidas pelo atacante, quatro das quais encontram-se em estado de saúde considerado grave.

O ataque aconteceu a bordo de um comboio regional, na cidade de Wuerzburg, na Baviera.

O refugiado afegão, de 17 anos, foi morto pela polícia na sequência do ataque, no momento em que tentava escapar às autoridades.

Com Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08