sicnot

Perfil

Mundo

Manuel Valls diz que radical detido em março planeava ataque ao europeu de futebol

O alegado radical islâmico Reda Kriket detido em março, nos arredores de Paris, tinha "provavelmente" planos para realizar um ataque durante o campeonato europeu de futebol, disse hoje aos deputados o primeiro-ministro francês, Manuel Valls.

© Benoit Tessier / Reuters

Esta é a primeira vez que, oficialmente, é referido o alvo do francês, de 34 anos, detido em março e que segundo as autoridades tinha como objetivo fazer um ataque de "grande amplitude".

"Desde 2012, 16 ataques foram frustrados. Em particular quando foi detido em março uma pessoa que tinha em casa um arsenal, incluindo explosivos, que tinha na mira o campeonato europeu de futebol", disse Manuel Valls, durante um discurso sobre o prolongamento do estado de emergência.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro tinha já afirmado que o ataque "extremamente letal" tinha sido frustrado antes do campeonato europeu de futebol, que decorreu em França.

Na quinta-feira, um ataque em Nice com um camião que atropelou pessoas durante dois quilómetros provocou 84 mortes.

Hoje, Manuel Valls reafirmou que o país pode esperar mais ataques e mortes e que vai ter de "aprender a viver com isso".

"Mesmo que estas palavras sejam difíceis de dizer, é a minha função fazê-lo: Vão haver outros ataques e outras pessoas inocentes vão ser mortas", afirmou o primeiro-ministro aos deputados.

Lusa

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.