sicnot

Perfil

Mundo

Supremo Tribunal das Filipinas ordena libertação da ex-presidente Gloria Arroyo

O Supremo Tribunal das Filipinas ordenou a libertação imediata da ex-presidente, Gloria Arroyo, detida há cinco anos, acusada de fraude eleitoral.

Pat Roque

Em 2007, Arroyo foi acusada pela Comissão Eleitoral por ter cometido fraude nas eleições desse ano.

De acordo com um porta voz do tribunal, os juízes do Supremo consideraram haver falta de provas em relação ao caso de corrupção da ex-presidente das Filipinas, pelo suposto desvio de um fundo de mais de 7 milhões de euros, destinado à caridade.

Gloria Arroyo estava detida num hospital do país.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14