sicnot

Perfil

Mundo

Mãe alemã condenada a 14 anos pelo homicídio de quatro bebés

Uma alemã foi condenada a 14 anos de prisão pelo homicídio involuntário de quatro filhos recém-nascidos. Em 2015, foram encontrados oito corpos de bebés no apartamento da mulher de 45 anos, em Wallenfels. Contudo, o Ministério Público acusou-a da morte de apenas quatro crianças.

O Tribunal de Coburgo na Alemanha condenou a mulher a 14 anos de prisão, depois de a considerar culpada da morte de pelo menos quatro bebés.

O pai de 55 anos foi julgado como cúmplice da mulher, mas o tribunal considerou que não haviam provas suficientes que o culpassem da morte dos bebés e absolveu-o.

O caso tornou-se bastante conhecido na cidade alemã de Wallenfels. Após o veredicto final, muitas pessoas escusaram-se de comentar o caso. Outras continuam à procura de uma explicação para os "atos terríveis".

O presidente da Câmara Jens Korn criticou o julgamento, pois admitiu que a condenação não atendeu às expectativas de muitos cidadãos. Korn adiantou ainda que será feito um enterro "digno" dos oito bebés encontrados mortos.

Um morador local encontrou os restos mortais de uma criança em novembro de 2015. Mais tarde, após o cidadão alertar as autoridades locais, foram encontrados os oito corpos, embrulhados em sacos de plástico e cobertores. A mãe foi logo detida e o pai acusado de cumplicidade no homicídio.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.