sicnot

Perfil

Mundo

Cuba quer captar mais turistas portugueses com voos diretos

Cuba quer desenvolver parcerias estratégicas com Portugal no setor do turismo e captar mais turistas portugueses, afirmou hoje um diplomata cubano, sublinhando a "expetativa" de ter voos diretos entre os dois países "o mais rápido possível".

Rebecca Blackwell

"No ano passado viajaram para Cuba 19 mil portugueses, dá para um voo semanal cheio", destacou Melne Martínez Hernández, primeiro secretário da embaixada cubana, à margem do evento "La Havanita", que pretende recriar o ambiente de Havana em Lisboa.

"Parece que vai acontecer no próximo ano, a nossa expetativa é que fosse o mais rápido possível" porque permitiria baixar os preços e poupar tempo, já que atualmente, quem viaja para Cuba passa normalmente por Madrid.

O diplomata salientou que a prioridade atual para Cuba é o investimento estrangeiro e que há "muito interesse nas exportações portuguesas", bem como no comércio com vários parceiros.

"Queremos diversificar o comércio com europeus, asiáticos, América latina e quando for o momento com os Estados Unidos", acentuou.

Quanto a Portugal, o objetivo é desenvolver parceiras estratégicas em termos económicos, sobretudo em áreas como o turismo, as energias renováveis, "em que Portugal tem muita experiência", e as indústrias farmacêuticas e agroalimentares.

"Temos 11 milhões de cubanos e cinco milhões de turistas para alimentar", frisou, assinalando que existe um potencial de crescimento de três milhões de turistas norte-americanos nos próximos três ou quatro anos.

Melne Martínez Hernández adiantou ainda que está "a ser preparada uma grande presença" de empresas portuguesas em Cuba, já que este ano Portugal terá um pavilhão exclusivo na Feira Internacional de Havana, que vai decorrer entre finais de outubro e princípios de novembro.

Sinal do interesse de Portugal por Cuba é também a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, àquele país, que o diplomata cubano apontou igualmente como referência para o bom momento que atravessam as relações entre os dois países.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.