sicnot

Perfil

Mundo

EUA instam Ucrânia a "não tolerar" homicídios como o do jornalista Pavel Sheremet

© Valentyn Ogirenko / Reuters

O Departamento de Estado dos Estados Unidos instou o Governo da Ucrânia a "não tolerar" homicídios como o do jornalista Pavel Sheremet, que morreu na quarta-feira em Kiev na explosão de uma bomba no veículo em que seguia.

"O homicídio do senhor Sheremet não se pode tolerar numa sociedade livre e democrática", disse em comunicado o departamento dirigido por John Kerry.

As autoridades ucranianas informaram que o engenho explosivo foi detonado com um comando à distância na madrugada de quarta-feira, quando Sheremet se dirigia ao jornal para o qual escrevia.

Sheremet, de 44 anos e nascido na Bielorrússia, trabalhava no diário digital Ukrainska Pravda, cujo fundador, Gueorgui Gongadze, foi assassinado em 2000.


Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.