sicnot

Perfil

Mundo

EUA instam Ucrânia a "não tolerar" homicídios como o do jornalista Pavel Sheremet

© Valentyn Ogirenko / Reuters

O Departamento de Estado dos Estados Unidos instou o Governo da Ucrânia a "não tolerar" homicídios como o do jornalista Pavel Sheremet, que morreu na quarta-feira em Kiev na explosão de uma bomba no veículo em que seguia.

"O homicídio do senhor Sheremet não se pode tolerar numa sociedade livre e democrática", disse em comunicado o departamento dirigido por John Kerry.

As autoridades ucranianas informaram que o engenho explosivo foi detonado com um comando à distância na madrugada de quarta-feira, quando Sheremet se dirigia ao jornal para o qual escrevia.

Sheremet, de 44 anos e nascido na Bielorrússia, trabalhava no diário digital Ukrainska Pravda, cujo fundador, Gueorgui Gongadze, foi assassinado em 2000.


Lusa

  • "Fiquei absolutamente perplexo com a escolha de Elina Fraga"
    0:43

    País

    Rogério Alves diz que ficou perplexo com a escolha de Elina Fraga para a vice-presidência do PSD. Em declarações à TSF e Diário de Notícias, o antigo bastonário da Ordem dos Advogados lembra as divergências com o governo de Passos Coelho, sobretudo em matérias de justiça.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07