sicnot

Perfil

Mundo

Líderes estudantis de Hong Kong declarados culpados por protesto que iniciou Occupy em 2014

Reuters

O líder estudantil de Hong Kong, Joshua Wong e outros dois ativistas foram hoje considerados culpados de reunião ilegal num protesto que esteve na origem de manifestações pró-democracia e na ocupação das ruas da cidade em 2014.

Joshua Wong, de 19 anos, Alex Chow, de 25 anos, e Nathan Law, de 23 anos, foram considerados culpados de reunião ilegal para invadir a sede do Governo de Hong Kong a 26 de setembro de 2014, dois dias antes do início do movimento Occupy, que ocupou as ruas da cidade durante 79 dias.

Líder do já extinto movimento Scholarism, que juntou estudantes do ensino secundário, Joshua Wong e Alex Chow, antigo presidente da Federação de Estudantes de Hong Kong, foram considerados culpados de reunião ilegal e de terem desrespeitado, com outros estudantes, as barreiras metálicas para entrar no interior do complexo governamental.

Já Nathan Law foi considerado culpado de incitar outros a juntarem-se à ação.

O protesto, no local também conhecido pelo nome de Praça Cívica, aumentou de dimensão, culminando no lançamento do movimento de desobediência civil Occupy Central.

Dois dias mais tarde a polícia recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes, o que acabou por desencadear a ocupação das ruas em várias zonas da cidade até meados de dezembro.

A sentença deverá ser conhecida a 15 de agosto. Joshua Wong pode ser condenado até cinco anos de prisão, segundo a agências de notícias AFP.

Em junho, Joshua Wong foi absolvido noutro caso, relativo a um protesto anti-China, o primeiro de uma série de processos contra o ativista a ter veredito.

No mesmo processo foram também absolvidos os ativistas Nathan Law, Raphael Wong e Albert Chan, que tinham sido acusados de obstrução à polícia.

Joshua Wong e Nathan Law integram o partido político Demosisto, fundado este ano após a extinção do Scholarism com o objetivo de apresentar candidatos às eleições para o Conselho Legislativo (LegCo) de Hong Kong, marcadas para 04 de setembro.

Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha. Todas as vítimas são de nacionalidade espanhola.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.