sicnot

Perfil

Mundo

Líderes estudantis de Hong Kong declarados culpados por protesto que iniciou Occupy em 2014

Reuters

O líder estudantil de Hong Kong, Joshua Wong e outros dois ativistas foram hoje considerados culpados de reunião ilegal num protesto que esteve na origem de manifestações pró-democracia e na ocupação das ruas da cidade em 2014.

Joshua Wong, de 19 anos, Alex Chow, de 25 anos, e Nathan Law, de 23 anos, foram considerados culpados de reunião ilegal para invadir a sede do Governo de Hong Kong a 26 de setembro de 2014, dois dias antes do início do movimento Occupy, que ocupou as ruas da cidade durante 79 dias.

Líder do já extinto movimento Scholarism, que juntou estudantes do ensino secundário, Joshua Wong e Alex Chow, antigo presidente da Federação de Estudantes de Hong Kong, foram considerados culpados de reunião ilegal e de terem desrespeitado, com outros estudantes, as barreiras metálicas para entrar no interior do complexo governamental.

Já Nathan Law foi considerado culpado de incitar outros a juntarem-se à ação.

O protesto, no local também conhecido pelo nome de Praça Cívica, aumentou de dimensão, culminando no lançamento do movimento de desobediência civil Occupy Central.

Dois dias mais tarde a polícia recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes, o que acabou por desencadear a ocupação das ruas em várias zonas da cidade até meados de dezembro.

A sentença deverá ser conhecida a 15 de agosto. Joshua Wong pode ser condenado até cinco anos de prisão, segundo a agências de notícias AFP.

Em junho, Joshua Wong foi absolvido noutro caso, relativo a um protesto anti-China, o primeiro de uma série de processos contra o ativista a ter veredito.

No mesmo processo foram também absolvidos os ativistas Nathan Law, Raphael Wong e Albert Chan, que tinham sido acusados de obstrução à polícia.

Joshua Wong e Nathan Law integram o partido político Demosisto, fundado este ano após a extinção do Scholarism com o objetivo de apresentar candidatos às eleições para o Conselho Legislativo (LegCo) de Hong Kong, marcadas para 04 de setembro.

Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.