sicnot

Perfil

Mundo

Londres pede desculpas a Madrid pelo acidente com submarino nuclear

O ministro da Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, apresentou desculpas ao homólogo espanhol Pedro Morenés, sobre o acidente resultante da colisão de um submarino nuclear britânico com um navio mercante, perto da costa de Gibraltar.

O acidente, que ocorreu junto às águas de Gibraltar, obrigou o submarino nuclear a atracar no porto daquele território, que é disputado por Espanha.

Fontes do Ministério da Defesa informaram que Fallon aproximou-se de Morenés, durante a reunião da coligação internacional contra o grupo 'jihadista' Estado Islâmico em Washington, para apresentar o pedido de desculpas do Governo britânico

Na sequência do acidente, o Governo espanhol tinha pedido ates "explicações urgentes" ao Reino Unido "sobre a extensão da avaria sofrida" do submarino.

Segundo o Ministério da Defesa britânico, o submarino HMS Ambush sofreu apenas danos externos e a marinha britânica já abriu uma investigação.

Lusa

  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.