sicnot

Perfil

Mundo

Luaty teme que nova lei de amnistia não deixe provar a inocência dos ativistas detidos

Luaty teme que nova lei de amnistia não deixe provar a inocência dos ativistas detidos

O Parlamento angolano aprovou a lei de amnistia. O documento abrange pessoas que cometeram crimes até 11 de novembro do ano passado e tenham penas até 12 anos. Em declarações à TSF, Luaty Beirão criticou a amnistia e teme que a nova lei impeça que os ativistas provem a respetiva inocência e não consigam levar o Estado a tribunal.

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38