sicnot

Perfil

Mundo

Ex-líder do Klu Klux Klan anuncia candidatura ao Senado dos EUA

© Gustau Nacarino / Reuters

O supremacista branco David Duke anunciou que se vai candidatar ao senado dos EUA, pelo Estado da Luisiana, inspirado aparentemente pelo apoio recolhido pela candidatura presidencial não convencional de Donald Trump.

"Acredito em direitos iguais para todos e respeito todos os americanos. Porém, o que me torna diferente é que também exijo respeito pelos direitos e pela herança dos americanos europeus", afirmou Duke, durante uma declaração vídeo colocado no seu sítio na internet.

Duke foi um dos líderes do grupo supremacista branco Ku Klux Klan e nega a existência do Holocausto.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.