sicnot

Perfil

Mundo

Médicos fazem primeiro transplante de mãos no Reino Unido

Chris King e o médico Simon Key

Divulgação

Um homem de 57 anos é a primeira pessoa no Reino Unido a receber um duplo transplante de parte das mãos após um acidente de trabalho, há três anos.

Chris King, da localidade de Doncaster, foi operado no hospital Leeds General Infirmary, no norte de Inglaterra.

O paciente, que, num acidente laboral com uma máquina de prensar, perdeu parte das mãos, com exceção dos polegares, afirmou que já executa algum movimento e qualificou "a doação" como "formidável".

"Não poderia pedir nada melhor. É melhor que ganhar a lotaria, porque se sente tudo outra vez", declarou Chris King aos media, sublinhando: "são as minhas mãos, as minhas mãos realmente. O sangue corre por elas. Os meus tendões estão unidos. São meus".

O médico Simon Kay, especialista em cirurgia plástica, no centro médico de Leeds, foi o responsável pela operação, a primeira em que se transplantou duas mãos a um só paciente.

Segundo o especialista, nesta intervenção existiram outros aspetos a ter em conta, uma vez que não se tratou de órgãos internos.

"Ninguém se importa com o aspeto de um rim, desde que este funcione", mas no caso das mãos, os especialistas devem considerar a compatibilidade imunológica, bem como a sua adequabilidade, pois estas "são vistas todo o tempo", afirmou Simon Kay.

O paciente, Chris King, disse acreditar que rapidamente possa vir a segurar uma garrafa de cerveja e desabafou que as mãos parecem terem sido "feitas à medida".


Lusa

  • Transplante dá nova vida a diabética com fobia de agulhas

    Mundo

    Uma paciente britânica tornou-se a primeira pessoa do mundo a ser submetida a transplante do pâncreas devido a fobia grave de agulhas. Sue York, com diabetes tipo 1, sofria de tremores intensos e vómitos cada vez que tinha de ministrar uma injeção de insulina. Aos 55 anos, esta mulher ganhou uma nova vida e agradece "do fundo do coração" à equipa médica responsável pela sua cirurgia.

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.