sicnot

Perfil

Mundo

Detenções dos suspeitos de golpe de estado na Turquia podem durar até 30 dias

© Stringer . / Reuters

O período de detenção dos suspeitos envolvidos na tentativa falhada do golpe de Estado na Turquia pode durar até 30 dias, segundo o decreto-lei sobre o estado de emergência hoje publicado.

"A duração da custódia não pode exceder os 30 dias a partir da detenção do suspeito", refere o decreto-lei.

O período legal que uma pessoa poderá estar detida antes de ser presente ao juiz na Turquia é de quatro dias.

Na sexta-feira, o ministro da Justiça turco, Bekir Bozdag, admitiu estender por mais tempo o estado de emergência decretado na quarta-feira por três meses.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou, também na sexta-feira, que 11 mil pessoas foram detidas devido a ligações com o golpe de Estado de 15 de julho, que provocou 265 mortos.

O decreto-lei também dissolve milhares de estruturas e instituições, incluindo organizações ligadas à educação e relacionados com Fetullah Gulen, exilado político nos Estados Unidos e que Ancara acusa de ser o mentor do golpe de Estado.

Lusa

  • "O estado de emergência não tem que atropelar o estado de direito"
    4:17

    Mundo

    Depois da tentativa de golpe de Estado na Turquia, a população tem cedido aos apelos de Erdogan e tem saído à rua para apoiar o Presidente. José Pedro Tavares, correspondente da SIC em Ancara, relata os últimos acontecimentos e diz que o estado de emergência decretado no país "já era esperado". O jornalista lembra que a partir de agora "o Governo poderá decretar regulamentos e leis sem passar pelo parlamento" e que "o estado de emergência não tem que atropelar o estado de direito".

  • Medidas de Erdogan dividem turcos
    2:10

    Mundo

    A Turquia vai suspender a Convenção Europeia dos Direitos Humanos. Trata-se apenas de uma das muitas medidas durante o estado de emergência. Mas nas ruas e no parlamento turco nem todos concordam com o presidente Erdogan. A Turquia está dividida.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.