sicnot

Perfil

Mundo

Detenções dos suspeitos de golpe de estado na Turquia podem durar até 30 dias

© Stringer . / Reuters

O período de detenção dos suspeitos envolvidos na tentativa falhada do golpe de Estado na Turquia pode durar até 30 dias, segundo o decreto-lei sobre o estado de emergência hoje publicado.

"A duração da custódia não pode exceder os 30 dias a partir da detenção do suspeito", refere o decreto-lei.

O período legal que uma pessoa poderá estar detida antes de ser presente ao juiz na Turquia é de quatro dias.

Na sexta-feira, o ministro da Justiça turco, Bekir Bozdag, admitiu estender por mais tempo o estado de emergência decretado na quarta-feira por três meses.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou, também na sexta-feira, que 11 mil pessoas foram detidas devido a ligações com o golpe de Estado de 15 de julho, que provocou 265 mortos.

O decreto-lei também dissolve milhares de estruturas e instituições, incluindo organizações ligadas à educação e relacionados com Fetullah Gulen, exilado político nos Estados Unidos e que Ancara acusa de ser o mentor do golpe de Estado.

Lusa

  • "O estado de emergência não tem que atropelar o estado de direito"
    4:17

    Mundo

    Depois da tentativa de golpe de Estado na Turquia, a população tem cedido aos apelos de Erdogan e tem saído à rua para apoiar o Presidente. José Pedro Tavares, correspondente da SIC em Ancara, relata os últimos acontecimentos e diz que o estado de emergência decretado no país "já era esperado". O jornalista lembra que a partir de agora "o Governo poderá decretar regulamentos e leis sem passar pelo parlamento" e que "o estado de emergência não tem que atropelar o estado de direito".

  • Medidas de Erdogan dividem turcos
    2:10

    Mundo

    A Turquia vai suspender a Convenção Europeia dos Direitos Humanos. Trata-se apenas de uma das muitas medidas durante o estado de emergência. Mas nas ruas e no parlamento turco nem todos concordam com o presidente Erdogan. A Turquia está dividida.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54