sicnot

Perfil

Mundo

Irão condena "assassínio de inocentes indefesos"

© Michael Dalder / Reuters

O Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano condenou hoje o ataque de sexta-feira num centro comercial de Munique, sul da Alemanha, que provocou dez mortos e 27 feridos, e manifestou solidariedade com o povo e Governo alemães.

"O Irão condena este ato e exprime a sua solidariedade com o povo e o Governo alemão", declarou Bahram Ghassemi, porta-voz da diplomacia iraniana, citado pelas agências de notícias Irna e Isna.

O responsável condenou o "assassínio de inocentes indefesos" e afirmou que "não há outra escolha que não a luta total e sem distinção" contra o terrorismo.

Um jovem alemão-iraniano de 18 anos provocou o caos na capital da Baviera depois de abrir fogo numa zona comercial da cidade de Munique e matar a tiro nove pessoas.

O cadáver do autor dos disparos foi descoberto a cerca de um quilómetro do local, pelas autoridades, que hoje em conferência de imprensa disseram que os motivos do ataque eram ainda desconhecidos.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57