sicnot

Perfil

Mundo

Quatro hospitais na Síria atingidos por bombardeamentos nas últimas 24 horas

© Bassam Khabieh / Reuters

Quatro hospitais de campanha e um banco de sangue na cidade síria de Alepo foram atingidos por bombardeamentos aéreos nas últimas 24 horas, de acordo com um grupo de médicos no local.

Um recém-nascido foi morto num desses hospitais localizados no setor leste de Alepo, controlada pelos rebeldes, informou a Associação de Médicos Independentes (IDA), que apoia centros médicos naquela cidade.

Os bairros a leste da cidade estão completamente sitiados desde 17 de julho pelas forças do Presidente Bashar al-Assad, que controlam a região oeste de Alepo, que está dividida desde 2012.

O fornecimento de oxigénio foi cortado depois do ataque, às 23:00 de sábado em Lisboa, sendo a segunda investida aérea em nove horas sobre a região, segundo a IDA.

A organização indicou ainda que os hospitais atingidos -- o hospital de crianças e os centros de Al-Bayan, Al-Zahraa e Al-Daqaq -- estão agora todos fora de serviço devido "a uma série de ataques aéreos (...) levados a cabo por aviões sírios e russos".

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Síria é um dos países mais perigosos para os trabalhadores da área da saúde em 2015.

No último mês, vários hospitais foi destruídos e pessoal médico morto nos bairros do leste de Alepo.

Desde 2011, o conflito sírio fez mais de 280 mil mortos e forçou milhões de pessoas a fugirem do país.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.