sicnot

Perfil

Mundo

Secretário-geral da ONU condena ataque "desprezível" em Cabul

© Sergei Karpukhin / Reuters

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, condenou hoje o "desprezível" atentado ocorrido este sábado em Cabul que causou pelo menos 80 mortos.

O ataque suicida, reivindicado pelo grupo terrorista autodenominado de Daesh, teve como objetivo uma manifestação pacífica da minora étnica hazara, que protestava por um projeto elétrico do governo.

No atentado participaram três atacantes, segundo as autoridades afegãs. Um deles fez explodir os explosivos que tinha no corpo, o segundo falhou a sua intenção de ativar os que transportava e o terceiro foi abatido por forças de segurança.

"Este desprezível crime teve como objetivo cidadãos que pacificamente exerciam os seus direitos humanos fundamentais", afirmou Ban Ki-moon através do seu porta-voz que distribuiu a declaração durante uma conferência de imprensa.

O titular da ONU transmitiu o seu pesar às famílias das vítimas, expressou a sua solidariedade com o povo do Afeganistão e pediu que "os responsáveis deste ataque sejam levados perante a justiça".

Com Lusa

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43