sicnot

Perfil

Mundo

Air France prevê cancelamento de voos devido a greve do pessoal de cabine

A companhia aérea francesa prevê cancelar pelo menos 10% dos voos intercontinentais previstos para quarta-feira e 30% dos voos europeus e domésticos, no primeiro dia de uma semana de greve convocada pelos sindicatos do pessoal de cabine.

© Amr Dalsh / Reuters

A Air France indicou que, de acordo com os primeiros cálculos realizados com os elementos disponíveis, a percentagem de grevistas no primeiro dia da paralisação rondará os 35%.

Além do cancelamento de voos, a Air France prevê reduzir o número de passageiros nos voos em que haja menos pessoal de cabine (hospedeiras e comissários de bordo) devido à greve, precisou um porta-voz.

A companhia divulgará novas previsões na terça-feira e está a avisar os passageiros que têm voos previstos para os próximos dias e que podem ser afetados.

No centro do conflito laboral está a negociação do acordo coletivo, com o atual a expirar em outubro e a administração da empresa a querer prolongá-lo por mais 17 meses, um prazo que dois sindicatos do setor (SNPNC-FO e l'Unsa-PNC) consideram "insuficiente".

Os dois sindicatos mantiveram na sexta-feira o pré-aviso de greve até 02 de agosto, depois do fracasso de mais uma sessão de negociações.

Lusa

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.