sicnot

Perfil

Mundo

Cidade chinesa de Xian em alerta vermelho devido a fortes chuvas

© China Daily China Daily Infor

A cidade chinesa de Xian, conhecida internacionalmente devido aos Guerreiros de Terracota, está sob alerta vermelho, o mais alto, por causa das fortes chuvas que assolam a zona desde domingo.

A precipitação chegou a superar os 100 milímetros em cinco horas e alagou importantes avenidas da cidade, informou hoje a agência oficial, Xinhua.

Pelo menos cem voos foram cancelados ou sofreram atrasos devido ao temporal no aeroporto internacional de Xiangyang, de Xian, e algumas paragens de metro tiveram de ser encerradas.

A imprensa local publicou imagens do caos que aconteceu em certos pontos da cidade no centro da China, onde vários carris ferroviários se tornaram em enormes jangadas, e camiões foram surpreendidos pelas chuvas.

Até esta manhã, as autoridades desconheciam a existência de vítimas.

A província mais afetada é a de Hebei, que rodeia Pequim, onde se registaram 130 mortos e outras 110 pessoas estão desaparecidas, entre elas várias crianças.

No total, o Ministério de Assuntos Civis estima que 14 milhões de pessoas foram atingidas e milhares estão presas pelas inundações.


Lusa

  • Cheias na China provocaram mais de 150 mortos
    1:16

    Mundo

    Na China a chuva torrencial está a deixar várias regiões do país submersas. As inundações e os deslizamentos de terra já provocaram 150 mortos e mais de 100 desaparecidos. As autoridades chinesas estão a ser acusadas de ocultar a verdadeira dimensão da tragédia.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.