sicnot

Perfil

Mundo

Incêndio acidental faz 38 mortos em Madagáscar

Um incêndio acidental fez este fim de semana 38 mortos, incluindo 16 crianças, durante a inauguração de uma casa numa aldeia do centro de Madagáscar, informou hoje a polícia.

"Das 39 pessoas que estavam na casa, 38 morreram, incluindo 16 crianças", disse à agência noticiosa francesa AFP fonte policial.

A tragédia aconteceu na aldeia de Ambalavato, no distrito de Ikalamavony.

O telhado da casa pegou fogo na noite de sábado para domingo durante "uma festa realizada em Ambavalato, depois da reabilitação de uma casa antiga com telhado de colmo", explicou o porta-voz da polícia em Antananarivo, o comandante Herilalatiana Andrianarivosona.

O incêndio começou a partir das cinzas de um fogo que tinha sido usado para cozinhar comida para os convidados.

Outros aldeões tentaram salvar as pessoas presas dentro da casa, mas não conseguiram abrir a porta.

Apenas um rapaz conseguiu escapar às chamas, saltando de uma janela, afirmou o porta-voz da polícia.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.