sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 10 mortos em explosão de carro-bomba no Iraque

No domingo, um ataque suicida reivindicado na zona de Al Kazemiya causou pelo menos 21 mortos e 35 feridos

© Khalid Al Mousily / Reuters

Pelo menos dez pessoas morreram hoje e 15 ficaram feridas na sequência da explosão de um carro-bomba conduzido por um suicida na localidade de Al Jales, na província de Diyala, noroeste de Bagdade.

O veículo explodiu hoje de manhã numa avenida da cidade, situada a 80 quilómetros a noroeste da capital iraquiana.

Pelo menos dez carros ficaram queimados na sequência da explosão.

Fonte policial adiantou que várias ambulâncias chegaram rapidamente ao local do ataque para transportar os feridos ao hospital e os mortos.

No domingo, um ataque suicida reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na zona de Al Kazemiya, de maioria xiita situada a norte de Bagdade, causou pelo menos 21 mortos e 35 feridos.

Bagdade vive em estado de alerta depois do atentado terrorista reivindicado também eplo EI no passado dia 3 de julho na zona de maioria xiita de Al Karrada, que causou a morte a pelo menos 292 pessoas e centenas de feridos.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas