sicnot

Perfil

Mundo

Trump criticado pela ameça de saída da Organização Mundial de Comércio

​A Casa Branca criticou o candidato presidencial republicano, Donald Trump, por ameaçar retirar os Estados Unidos da América (EUA) da Organização Mundial do Comércio (OMC).

A Casa Branca criticou hoje o candidato presidencial republicano, Donald Trump, por ameaçar retirar os Estados Unidos da América (EUA) da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, reagiu na conferência de imprensa diária sobre a afirmação feita por Trump, no domingo, de que poderia "retirar" o país da OMC, se chegar ao poder, depois de classificar a organização como "um desastre".

"Sair da OMC (...) teria consequências gravemente negativas para a economia dos EUA e para os trabalhadores estadunidenses", assegurou Earnest.

Os Estados Unidos "beneficiam de uma relação comercial eficaz com países de todo o mundo", acrescenta.

As críticas de Donald Trump à OMC surgem de uma suposta intenção do organismo internacional em travar o plano do magnata para aplicar impostos às empresas norte-americanas que se instalam no exterior para reduzir custos.

"Haverá um imposto", disse Trump numa entrevista, no domingo, no programa "Meet the Press", da NBC.

O magnata também tem sido muito crítico da NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte), pois considera ser obsoleta e financiada de forma desproporcionada pelos Estados Unidos.

Lusa

  • Depois do Fogo
    0:25
  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.