sicnot

Perfil

Mundo

Trump criticado pela ameça de saída da Organização Mundial de Comércio

​A Casa Branca criticou o candidato presidencial republicano, Donald Trump, por ameaçar retirar os Estados Unidos da América (EUA) da Organização Mundial do Comércio (OMC).

A Casa Branca criticou hoje o candidato presidencial republicano, Donald Trump, por ameaçar retirar os Estados Unidos da América (EUA) da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, reagiu na conferência de imprensa diária sobre a afirmação feita por Trump, no domingo, de que poderia "retirar" o país da OMC, se chegar ao poder, depois de classificar a organização como "um desastre".

"Sair da OMC (...) teria consequências gravemente negativas para a economia dos EUA e para os trabalhadores estadunidenses", assegurou Earnest.

Os Estados Unidos "beneficiam de uma relação comercial eficaz com países de todo o mundo", acrescenta.

As críticas de Donald Trump à OMC surgem de uma suposta intenção do organismo internacional em travar o plano do magnata para aplicar impostos às empresas norte-americanas que se instalam no exterior para reduzir custos.

"Haverá um imposto", disse Trump numa entrevista, no domingo, no programa "Meet the Press", da NBC.

O magnata também tem sido muito crítico da NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte), pois considera ser obsoleta e financiada de forma desproporcionada pelos Estados Unidos.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC