sicnot

Perfil

Mundo

Turkish Airlines despede 350 empregados por suspeita de ligação a Gülen

© Murad Sezer / Reuters

A Turkish Airlines despediu cerca de 350 empregados por alegada suspeita de ligações a Fethullah Gülen, que Ancara considera responsável pela tentativa de golpe de estado de 15 de julho, anunciam hoje os media locais.

Fethullah Gülen é um religioso que vive exilado nos Estados Unidos da América.

Segundo o diário Sabah, os empregados, incluindo responsáveis da principal companhia aérea turca, foram convocados no domingo para rescindir os contratos, em alguns casos devido à "ineficácia laboral" e em outros casos devido a alegadas ligações à rede de Gülen.

A publicação Sözcü garante que foram despedidas pessoas com funções de responsabilidade, entre os quais pilotos.

O jornal acrescenta que entre os despedidos figuram o vice-presidente, Coskun Kilic, e outros gestores.

A principal companhia aérea da Turquia tem 27.000 empregados, entre os quais mais de 4.000 pilotos e 8.000 hospedeiras de bordo, segundo dados da companhia.

Lusa

Fethullah Gülen

Fethullah Gülen

© Handout . / Reuters

  • Erdogan exige a extradição de Gulen

    Mundo

    Numa entrevista exclusiva que o Presidente da Turquia deu à televisão norte-americana CNN, no Palácio Presidencial de Istambul, o líder turco exigiu a extradição do clérigo Fethullah Gülen, que acusa de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado da passada sexta-feira.

  • Governo turco inicia ofensiva contra os media

    Mundo

    Mais de 40 jornalistas foram hoje as novas vítimas da purga lançada pelo Presidente da Turquia, que recebeu os líderes da oposição para analisar as consequências da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.