sicnot

Perfil

Mundo

Atentado faz pelo menos 10 mortos na capital da Somália

Pelo menos dez pessoas morreram hoje num ataque suicidia nas imediações do aeroporto de Mogadíscio, na capital de Somália, segundo a Associated Press. O atentado já foi reivindicado pelo Al Shabaab.

Última atualização às 9:17

De acordo com a imprensa local, foram ouvidas pelo menos duas explosões. Uma destas terá sido provocado por um carro-bomba, no controlo de segurança que a Missão da União Africana na Somália tem no aeroporto em Mogadíscio.

No último balanço referido pela AP, o número de vítimas mortais aumentou para dez, incluindo sete militares da ONU.

O grupo islâmico Al Shabaab reinvidicou o ataque, alegando que matou mais de 12 pessoas.

O Al Shabab anunciou em 2012 a sua adesão formal à Al Qaeda e luta pela instauração de um Estado Islâmico.

Tropas da União Africana e regionais apoiam desde há anos o exército somali na luta contra a milícia extremista, que tinha ficado debilitada com a morte, em 2014, do seu líder Ahmed Godane, num ataque aéreo norte-americano.

O atentado mais grave cometido pelo Al Shabab ocorreu a 25 de junho passado, quando pelo menos 35 pessoas morreram, depois de um grupo de terroristas se ter barricado durante mais de quatro horas no hotel Nasa-Hablod, na capital somali.

Com Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14