sicnot

Perfil

Mundo

Atentado faz pelo menos 10 mortos na capital da Somália

Pelo menos dez pessoas morreram hoje num ataque suicidia nas imediações do aeroporto de Mogadíscio, na capital de Somália, segundo a Associated Press. O atentado já foi reivindicado pelo Al Shabaab.

Última atualização às 9:17

De acordo com a imprensa local, foram ouvidas pelo menos duas explosões. Uma destas terá sido provocado por um carro-bomba, no controlo de segurança que a Missão da União Africana na Somália tem no aeroporto em Mogadíscio.

No último balanço referido pela AP, o número de vítimas mortais aumentou para dez, incluindo sete militares da ONU.

O grupo islâmico Al Shabaab reinvidicou o ataque, alegando que matou mais de 12 pessoas.

O Al Shabab anunciou em 2012 a sua adesão formal à Al Qaeda e luta pela instauração de um Estado Islâmico.

Tropas da União Africana e regionais apoiam desde há anos o exército somali na luta contra a milícia extremista, que tinha ficado debilitada com a morte, em 2014, do seu líder Ahmed Godane, num ataque aéreo norte-americano.

O atentado mais grave cometido pelo Al Shabab ocorreu a 25 de junho passado, quando pelo menos 35 pessoas morreram, depois de um grupo de terroristas se ter barricado durante mais de quatro horas no hotel Nasa-Hablod, na capital somali.

Com Lusa

  • Marcar cedo e resistir (ou como Portugal venceu Marrocos)

    Mundial 2018 / Portugal

    A seleção nacional alcançou hoje a primeira vitória no Mundial 2018, frente a Marrocos, em Moscovo. Cristiano Ronaldo (outra vez) marcou logo aos quatro minutos. Depois, Portugal pouco mais fez senão aguentar as investidas dos marroquinos, que ficam desde já afastados dos oitavos de final.

  • Fernando Santos dá um puxão de orelhas à equipa
    1:57
  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • Ronaldo, o motivador
    3:23
  • Os "memes" do desempenho de Cristiano Ronaldo frente a Marrocos
    1:25
  • Cristiano Ronaldo: o melhor do jogo, o melhor do Mundial, o melhor do mundo

    Mundial 2018 / Portugal

    Apesar da prestação de Rui Patrício na defesa da baliza lusa, Cristiano Ronaldo foi eleito o homem do jogo, pela segunda vez consecutiva, depois de marcar o golo que deu a vitória a Portugal frente a Marrocos. O capitão português ofereceu à equipa os três pontos essenciais para a eventual passagem aos oitavos de final. Mas Ronaldo não fica por aqui. Contas feitas, CR7 é o melhor marcador do Mundial (4 golos em 2 jogos) e já marcou 85 golos por Portugal, feito nunca antes alcançado nem por Eusébio nem por Pauleta. No auge dos 33 anos, há quem diga que Ronaldo "é como o vinho do Porto". Será que ainda vai chegar à marca dos 100? Parece que, para o CR7, nada é impossível.

  • Parecia que Rui Patrício tinha cola nas luvas
    5:40
  • Os momentos descontraídos dos jogadores que estão no Mundial
    1:54
  • Selecionador de Marrocos queixa-se da arbitragem
    1:41
  • Georgina Rodriguez assistiu ao jogo de Portugal e acenou a Ronaldo
    1:05
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49