sicnot

Perfil

Mundo

Filipe VI começa hoje a ouvir os partidos políticos

© POOL New / Reuters

O rei de Espanha, Filipe VI, inicia hoje a ronda de consultas com 14 representantes de partidos políticos com assento no Congresso dos Deputados, para depois apresentar um candidato a presidente do governo.

A ronda de consultas termina na quinta-feira, com Filipe VI a receber o líder da formação mais votada a atual primeiro-ministro, Mariano Rajoy, do Partido Popular (PP).

Depois das conversações, Filipe VI convocará a presidente do Congresso, Ana Pastor, para a informar do resultado das consultas.

Não há prazo previsto na Constituição espanhola para o rei apresentar a proposta de candidato a presidente do executivo, mas vários políticos apontam um prazo curto, uma vez que o país tem um governo de gestão desde o início do ano.

Mariano Rajoy, líder do PP e presidente do governo em gestão, acredita ser possível que o novo governo seja escolhido a 02 de agosto, para ser votado um dia depois no Congresso de Deputados e, no caso de não conseguir maioria absoluta, haja uma segunda votação dois dias depois.

O PP foi o partido mais votado nas eleições de 26 de junho, apesar de não ter conseguido maioria absoluta, com 137 deputados.

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) ficou em segundo lugar, conquistando 85 lugares, enquanto a aliança Unidos-Podemos ficou em terceiro, com 71 deputados. A quarta formação mais votada foi o Ciudadanos, que alcançou 32 assentos.

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira