sicnot

Perfil

Mundo

John Kerry alerta Coreia do Norte para consequências de testes nucleares

© Jorge Silva / Reuters

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, avisou o regime de Pyongyang que vai ter de enfrentar "verdadeiras consequências" por causa do programa de testes nucleares em curso na Coreia do Norte.

"Estamos determinados em fazer com que a República Popular e Democrática da Coreia (DPRK) entenda que existem consequências reais para estas ações", disse Kerry aos jornalistas, à margem da cimeira da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático) na capital do Laos referindo-se ao país (Coreia do Norte) através do nome oficial.

A tensão agravou-se desde que Pyongyang realizou o quarto teste nuclear em janeiro, tendo depois levado a cabo uma série de lançamento de mísseis que segundo os analistas militares demonstram que a Coreia do Norte está a fazer progressos no sentido de conseguir armamento capaz de atacar território norte-americano.

As Nações Unidas já anunciaram sanções contra o regime norte-coreano, mas Pyongyang manteve o programa de lançamento de mísseis, sendo que o último foi efetuado na semana passada.

Na sequência das posições da Coreia do Norte, os governos de Washington e de Seul concordaram no princípio do mês de julho instalar na Creia do Sul um sofisticado sistema antimíssil na Coreia do Sul.


Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".