sicnot

Perfil

Mundo

Jornalista assassinado a tiro no Brasil

© Stoyan Nenov / Reuters

Um jornalista brasileiro foi morto a tiro na cidade de Santo António do Descoberto, no estado de Goiás, revelou na segunda-feira a Federação Nacional e Jornalistas do Brasil.

A organização lamentou "o brutal assassinato do jornalista" João Miranda do Carmo, editor de um portal na internet em que denunciou casos de corrupção entre políticos locais.

A Federação Nacional de Jornalistas pediu às autoridades, num comunicado, que cumpram com "o seu dever" de esclarecer as circunstâncias da morte de João Miranda do Carmo "e castiguem" os responsáveis.

A mesma entidade denunciou que no ano passado houve un aumento significativo das agressões e homicídios de profissionais da comunicação social.

Organizações internacionais também têm alertado para o aumento da violência contra jornalistas no Brasil.

João Miranda do Carmo, de 54 anos, já tinha apresentado queixas na polícia por causa de ameaças.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".