sicnot

Perfil

Mundo

Marine Le Pen responsabiliza governo francês após ataque em igreja

A presidente do partido francês de extrema-direita Frente Nacional apontou hoje a "responsabilidade imensa" dos que têm governado França nas últimas três décadas pela sua falta de ação, numa reação ao atentado jihadista desta manhã contra uma igreja.

"Há uma responsabilidade imensa de todos aqueles que nos governam desde há 30 anos. Vê-los a falar de coisas sem importância é revoltante", escreveu Marine Le Pen na sua conta na rede social 'Twitter' - referindo-se ao ataque na Normandia no qual foi degolado um padre e outras pessoas ficaram feridas, uma das quais encontrando-se entre a vida e a morte.

A líder de extrema-direita francesa qualificou este ataque como horrível, e realçou que o modo de ação "faz evidentemente temer um novo atentado dos terroristas islâmicos".

Os autores do ataque à igreja de Saint-Étienne de Rouvray, na periferia de Ruán -- que foram abatidos pela polícia -- reivindicaram a sua ligação ao Estado Islâmico, segundo o Presidente francês, François Hollande.

O grupo terrorista também declarou que os autores do ataque eram seus seguidores.

Lusa

  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38