sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco diz que União Europeia não cumpre acordo sobre refugiados

Emrah Gurel

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse hoje que a União Europeia não está a cumprir o acordo assinado em março com Ancara sobre refugiados.

Ancara e Bruxelas assinaram um acordo ao abrigo do qual a Turquia aceitou receber migrantes ilegais que chegam às ilhas gregas a partir de território turco.

Em troca da cooperação de Ancara, os líderes da União Europeia (UE) concordaram em acelerar a liberalização dos vistos para os visitantes turcos, relançar as negociações de adesão e ainda duplicar para um total de seis mil milhões de euros a ajuda que será concedida à Turquia até 2018 e que se destina a melhorar as condições de vida dos 2,7 milhões de sírios refugiados no país.

Segundo Erdogan, a Turquia só recebeu até agora menos de dois mil milhões de euros.

"Os governos [europeus] não estão a ser honestos", disse Erdogan à televisão pública alemã ARD.

"Três milhões de sírios, ou pessoas do Iraque, estão agora na Turquia. (...) A União Europeia não cumpriu aquilo que prometeu nesta matéria", afirmou.

Segundo o presidente turco, os gastos da Turquia em ajuda a refugiados sírios ascendem já a 12 mil milhões de euros.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.