sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco diz que União Europeia não cumpre acordo sobre refugiados

Emrah Gurel

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse hoje que a União Europeia não está a cumprir o acordo assinado em março com Ancara sobre refugiados.

Ancara e Bruxelas assinaram um acordo ao abrigo do qual a Turquia aceitou receber migrantes ilegais que chegam às ilhas gregas a partir de território turco.

Em troca da cooperação de Ancara, os líderes da União Europeia (UE) concordaram em acelerar a liberalização dos vistos para os visitantes turcos, relançar as negociações de adesão e ainda duplicar para um total de seis mil milhões de euros a ajuda que será concedida à Turquia até 2018 e que se destina a melhorar as condições de vida dos 2,7 milhões de sírios refugiados no país.

Segundo Erdogan, a Turquia só recebeu até agora menos de dois mil milhões de euros.

"Os governos [europeus] não estão a ser honestos", disse Erdogan à televisão pública alemã ARD.

"Três milhões de sírios, ou pessoas do Iraque, estão agora na Turquia. (...) A União Europeia não cumpriu aquilo que prometeu nesta matéria", afirmou.

Segundo o presidente turco, os gastos da Turquia em ajuda a refugiados sírios ascendem já a 12 mil milhões de euros.

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06