sicnot

Perfil

Mundo

Sogra de empresário da F1 Bernie Ecclestone sequestrada em São Paulo

Bernie Ecclestone e Fabiana Flosi com o campeão de F1 Niki Lauda num evento desportivo na Áustria, no início deste ano.

© Leonhard Foeger / Reuters

A sogra de Bernie Ecclestone, conhecido empresário da Fórmula 1 (F1) foi sequestrada em São Paulo. Aparecida Schunck Flosi Palmeira, de 67 anos, reside na zona sul da cidade brasileira e foi raptada quando se encontrava em casa, na passada sexta-feira. A notícia foi avançada pela revista Veja e pela estação de televisão Globo.

Os sequestradores terão entrado em contacto com a família para exigir o pagamento de um elevado resgate em troca da libertação de Aparecida, mãe de Fabiana Flosi, casada com Bernie Ecclestone desde 2012.

A polícia de São Paulo não confirmou a informação e o empresário da F1 também não comentou as notícias que estão a ser divulgadas sobre o rapto da sogra.

Bernie Ecclestone, de 85 anos, conheceu Fabiana Flosi, de 38, durante o Grande Prémio de Fórmula 1 no Brasil em 2009. Casaram 3 anos mais tarde, depois de Bernie se ter separado da modelo croata Slavica Radic, com quem esteve 25 anos casado.

Bernie Ecclestone e Fabiana Flosi vivem atualmente no Reino Unido. Ecclestone é considerado um dos homens mais ricos e poderosos no mundo do desporto.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.