sicnot

Perfil

Mundo

Exército de Israel mata palestiniano suspeito de assassinar rabino

© Mussa Qawasma / Reuters

Um palestiniano acusado de ter matado um rabino foi abatido na terça-feira à noite numa troca de tiros com soldados de Israel na Cisjordânia, revelou hoje o exército israelita.

"Um terrorista responsável pelo ataque em que foi assassinado o rabino Michael Mark a 01 de julho foi morto na noite de terça para quarta-feira durante uma troca de tiros com soldados", lê-se no comunicado.

O israelita Michael Mark morreu a 01 de julho atingido por tiros disparados sobre o carro em que seguia. Outras três pessoas ficaram feridas.

"Durante a operação para deter Mohamed Pakia, o responsável pelo ataque", o homem acabou por morrer numa troca de tiros, precisou o exército de Israel, que disse ter detido três palestinianos ligados a este caso.

Os detidos são "membros de uma célula terrorista ligada ao Hamas", acrescenta o comunicado.

O movimento palestiniano islamita Hamas é considerado uma organização terroristas por Israel, União Europeia e Estados Unidos.

Lusa

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.