sicnot

Perfil

Mundo

Papa inicia hoje visita a Polónia para encontrar jovens e lembrar holocausto

© David W Cerny / Reuters

O Papa Francisco inicia hoje a visita à Polónia, onde decorrem as Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) em Cracóvia, tendo previstos encontros com jovens e um percurso em silêncio pelos campos de Auschwitz e Birkenau.

Francisco, que viaja pela primeira vez para o coração da Europa católica, à qual ainda não tinha prestado atenção por preferir aquelas que denomina de "periferias do mundo", vai transformar esta visita numa homenagem a João Paulo II, que como papa se deslocou nove vezes ao país natal.

O programa da 15.ª viagem do papa tem previstas várias cerimónias e pelo menos dez discursos em italiano. A chegada está marcada para as 16:00 locais (15:00 em Lisboa), no aeroporto João Paulo II, de onde partirá de imediato para o castelo de Wawel, onde se reunirá com as autoridades polacas e corpo diplomático.

A quinta-feira vai ser o dia de homenagem à tradição católica polaca, com uma missa no santuário de Jasna Gora, em Czestochowa, por ocasião dos 1.050 anos do batismo na Polónia.

O dia seguinte - sexta-feira - vai ser marcado pela dor e pelo silêncio, durante a visita de Francisco aos campos nazis de Auschwitz e Birkenau, onde morreram 1,1 milhões de pessoas entre judeus, ciganos, homossexuais e prisioneiros de guerra.

O papa vai encontrar-se com dez sobreviventes do holocausto e com 25 'Justos entre as Nações', não-judeus que puseram a vida em risco para salvar judeus do extermínio nazi durante a Segunda Guerra Mundial.

Em Auschwitz, o papa argentino vai percorrer os lugares que lembram São Maximiliano Kolbe, o sacerdote polaco que morreu no campo depois de se oferecer para tomar o lugar de outra pessoa.

De volta a Cracóvia, em Blonia, Francisco vai assistir à via-sacra, organizada por ocasião das JMJ, e dirigir algumas palavras aos fiéis.

No sábado, Francisco vai celebrar missa no santuário da Divina Misericórdia, dedicado a João Paulo II.

Depois de um almoço com 12 jovens, em representação dos cinco continentes, no arcebispado, o papa celebra uma vigília de oração com os jovens a quem dedicará o seu discurso, no Campus da Misericórdia.

No domingo celebra uma missa para a multidão e, à tarde, encontra-se com os voluntários na arena Tauron antes de regressar a Roma, onde aterra às 20:30 locais (19:30 em Lisboa).

A organização do 31.º encontro mundial dos jovens católicos, uma criação de João Paulo II, espera receber entre um milhão e meio e dois milhões de jovens, mas as inscrições oficiais rondam as 360 mil, incluindo cerca de sete mil portugueses.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.