sicnot

Perfil

Mundo

Vinte dissidentes cubanos em greve de fome

Guillermo Fariñas

© Ginnette Riquelme / Reuters

Cerca de vinte cubanos ligados à organização de oposição ao regime União Patriótica de Cuba (UNPACU) estão em greve de fome em protesto contra a crescente repressão no país, disseram na terça-feira dirigentes daquela estrutura.

Algumas pessoas estão há quase duas semanas em greve de fome, disse à agência de notícias EFE Ovidio Martín Castellanos, da direção da NPACU.

Guillermo Fariñas, um dos mais conhecidos dissidentes cubanos, integra o grupo em protesto, tendo iniciado a greve de fome a 20 julho. Está "cansado e sonolento", mas disposto a continuar, segundo disse o próprio à EFE.

Fariñas afirmou que este protesto é "muito importante" perante a crescente repressão violenta em Cuba, que tem vindo a ser denunciada por opositores ao regime de Raul Castro.

A UNPACU apelou a um dia de jejum hoje em vários pontos do país em solidariedade com os dissidentes em greve de fome, que pedem respeito pelos direitos humanos em Cuba.

O apelo da UNPACU é para que sejam respeitadas 12 horas de jejum e tem a expetativa de que cerca de 200 pessoas se unam ao protesto no país.

Em Miami, nos Estados Unidos da América, está também a ser organizada uma vigília que contará com a presença do líder da UNPACU, José Daniel Ferrer, ex-preso político que teve autorização para sair de Cuba, pela primeira vez, em junho deste ano.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.