sicnot

Perfil

Mundo

Comissão Europeia preocupada com detenções de jornalistas na Turquia

© Murad Sezer / Reuters

A Comissão Europeia manifestou hoje preocupação com as detenções de jornalistas e encerramentos de jornais na Turquia, na sequência da declaração do estado de emergência depois de uma tentativa falhada de golpe de Estado.

Na habitual conferência de imprensa diária, em Bruxelas, a porta-voz do executivo comunitário, Maja Kocijancic, afirmou serem preocupantes as informações acerca de detenções e encerramentos na Turquia e sublinhou que a liberdade de expressão é uma das fundações da democracia.

"Em qualquer circunstância, a Turquia deve continuar a respeitar as leis e os direitos humanos fundamentais", resumiu a mesma fonte, recordando que a Turquia como país candidato à adesão à União Europeia deve cumprir todos os requisitos de um Estado de Direito.

A Comissão Europeia também assinalou a importância do direito de todos a um julgamento justo.

Na sequência da tentativa de golpe militar, de 15 de julho, o executivo turco declarou o estado de emergência e desencadeou uma purga em diversos organismos estatais para localizar os alegados seguidores de Fethullah Gülen, o clérigo islamita exilado nos Estados Unidos e que Ancara acusa de ter patrocinado o golpe.

O executivo comunitário oficializou ainda mobilização de 1,4 mil milhões de euros para financiar apoios, nas áreas da educação e da saúde, para refugiados sírios que se encontram na Turquia.

Já esta semana, Bruxelas tinha garantido estar a cumprir o acordado com a Turquia em relação à crise dos refugiados, ao alocarem até ao final deste mês 2,15 mil milhões de euros.

À televisão pública alemã ARD, o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, tinha acusado a UE de não estar a cumprir o acordo que prevê que Ancara acolha de volta os migrantes que viajaram desde o seu território para as ilhas gregas.

Em troca da cooperação, os líderes europeus concordaram em acelerar a liberalização dos vistos para os turcos, relançar as negociações de adesão e ainda duplicar para um total de seis mil milhões de euros a ajuda que será concedida à Turquia até 2018 e que se destina a melhorar as condições de vida dos 2,7 milhões de sírios refugiados no país.

Segundo Erdogan, a Turquia só recebeu até agora menos de dois milhões de euros, pelo que "os governos europeus não estão a ser honestos".

"Três milhões de sírios, ou pessoas do Iraque, estão agora na Turquia. A União Europeia não cumpriu aquilo que prometeu nesta matéria", afirmou.

Segundo o Presidente turco, os gastos da Turquia em ajuda a refugiados sírios ascendem já a 12 mil milhões de euros.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.