sicnot

Perfil

Mundo

Comissão Europeia preocupada com detenções de jornalistas na Turquia

© Murad Sezer / Reuters

A Comissão Europeia manifestou hoje preocupação com as detenções de jornalistas e encerramentos de jornais na Turquia, na sequência da declaração do estado de emergência depois de uma tentativa falhada de golpe de Estado.

Na habitual conferência de imprensa diária, em Bruxelas, a porta-voz do executivo comunitário, Maja Kocijancic, afirmou serem preocupantes as informações acerca de detenções e encerramentos na Turquia e sublinhou que a liberdade de expressão é uma das fundações da democracia.

"Em qualquer circunstância, a Turquia deve continuar a respeitar as leis e os direitos humanos fundamentais", resumiu a mesma fonte, recordando que a Turquia como país candidato à adesão à União Europeia deve cumprir todos os requisitos de um Estado de Direito.

A Comissão Europeia também assinalou a importância do direito de todos a um julgamento justo.

Na sequência da tentativa de golpe militar, de 15 de julho, o executivo turco declarou o estado de emergência e desencadeou uma purga em diversos organismos estatais para localizar os alegados seguidores de Fethullah Gülen, o clérigo islamita exilado nos Estados Unidos e que Ancara acusa de ter patrocinado o golpe.

O executivo comunitário oficializou ainda mobilização de 1,4 mil milhões de euros para financiar apoios, nas áreas da educação e da saúde, para refugiados sírios que se encontram na Turquia.

Já esta semana, Bruxelas tinha garantido estar a cumprir o acordado com a Turquia em relação à crise dos refugiados, ao alocarem até ao final deste mês 2,15 mil milhões de euros.

À televisão pública alemã ARD, o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, tinha acusado a UE de não estar a cumprir o acordo que prevê que Ancara acolha de volta os migrantes que viajaram desde o seu território para as ilhas gregas.

Em troca da cooperação, os líderes europeus concordaram em acelerar a liberalização dos vistos para os turcos, relançar as negociações de adesão e ainda duplicar para um total de seis mil milhões de euros a ajuda que será concedida à Turquia até 2018 e que se destina a melhorar as condições de vida dos 2,7 milhões de sírios refugiados no país.

Segundo Erdogan, a Turquia só recebeu até agora menos de dois milhões de euros, pelo que "os governos europeus não estão a ser honestos".

"Três milhões de sírios, ou pessoas do Iraque, estão agora na Turquia. A União Europeia não cumpriu aquilo que prometeu nesta matéria", afirmou.

Segundo o Presidente turco, os gastos da Turquia em ajuda a refugiados sírios ascendem já a 12 mil milhões de euros.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas. Num despacho enviado à companhia aérea que os transportou, tanto o jornalista como o repórter de imagem são considerados "inadmissíveis no território da Venezuela".

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25
  • Costa alerta para "condições particularmente adversas"
    1:47

    País

    O primeiro-ministro alertou para a possibilidade de novos incêndios de grandes dimensões, muito por causa da situação de seca que grande parte do território atravessa. António Costa pediu aos portugueses um "particular cuidado com todos os comportamentos de risco".

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.