sicnot

Perfil

Mundo

Interpol resgata 2.700 vítimas de tráfico na América Central e do Sul

© Edgar Su / Reuters

A Interpol resgatou 2.700 pessoas, deteve 134 e desmantelou pelo menos sete redes de crime organizado numa operação contra o tráfico de seres humanos na América Central e do Sul, anunciou hoje aquela organização internacional.

Entre as vítimas contam-se 27 mulheres menores de idade, enviadas para diferentes países de como escravas sexuais, e também uma órfã de dois anos, oriunda das Honduras.

A operação Spartacus III contou com a participação de 25 países, incluindo Portugal e inicialmente concentrou-se em três dos aeroportos internacionais mais movimentados da América do Sul - Ministro Pistarini (Buenos Aires), Guarulhos (São Paulo) e Dorado (Bogotá).

No Peru, 900 polícias participaram numa operação contra a exploração sexual e contra o trabalho forçado na cidade mineira de La Rinconada, detendo cinco suspeitos e resgatando 190 mulheres e 250 homens.

A Spartacus III também teve como resultado o encerramento de uma agência de adoção brasileira, suspeita de traficar crianças e bebés do leste Europeu.

Na Colômbia a operação desmantelou a rede "Paiaguá", suspeita de ter enviado para a China centenas de mulheres e meninas sul-americanas. Também foi detido o venezuelano Johnny Eliexer Cordero Belisario, contra quem tinha sido emitido um mandado de captura por suspeita de tráfico de seres humanos e de exploração sexual na República Dominicana.

Pelo menos 32 pessoas foram detidas na Colômbia por participação em redes de tráfico de migrantes.

A Interpol anunciou os resultados desta operação dois dias antes de se assinalar o dia mundial contra o tráfico de seres humanos, a 30 de julho.


Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.